10/11/2011

Você sabe aplicar o Blush?

Lendo este post você vai aprender a aplicar o blush corretamente, seguindo o seu tom de pele, formato de rosto e cor do cabelo. Como usar os pincéis e iluminador.

Dicas do maquiador Maurício Nazário para usar o blush:

- Se você não está fazendo nenhum trabalho conceitual, só carregue no blush à noite – em festas, por exemplo. Evite o tom forte durante dia. O princípio básico da maquiagem é “olho tudo, boca nada; boca tudo, olho nada”. A mesma coisa vale para o blush. Só uma referência deve chamar atenção no rosto: ou a pele, ou a boca ou os olhos.

- Depois de aplicar o blush, com o pincel ainda sujo, tonalize o rosto passando um pouquinho no nariz, no queixo, nas têmporas e na testa. Tome muito cuidado pra não criar mais cor.

- A maquiagem ideal é aquela que faz você se sentir bem. Assuma seu estilo, use o que gosta. Algumas técnicas podem ajudar, mas nada impede que uma pessoa de pele amarelada use um blush pêssego ou alaranjado, por exemplo. Se a pessoa se sente bem, deve usar!

  • Cremosos 
Evitar usar em temperaturas altas ou exposições a luzes muito fortes. A maioria é à base de óleo e derrete com facilidade. Há também os oil free, que são mais secos e devem ser aplicados rapidamente porque são mais difíceis de espalhar. 

  • Líquidos 
Dão uma tonalidade suave, conferem uma aparência saudável sem chamar muita atenção. São indicados para o uso diurno. Também devem ser espalhados rapidamente porque secam rápido. O blush líquido tem uma desvantagem: mancha os dedos! 

  • Pó compacto
Ajuda a matificar a pele, tem boa durabilidade e é a textura mais fácil de aplicar. 

  • Pó solto 
A maioria dos blushes em pó solto vem acoplada ao pincel. É prático para ter na bolsa e dá uma tonalidade natural.

  • Blush mineral 
A maquiagem mineral não obstrui os poros porque não contém ativos alergênicos, óleos, corantes e fragrâncias – por isso, prometem causar menos danos à pele e têm maior prazo de validade. Assim como toda linha mineral, os blushes têm textura bem fina e, por isso, conferem um aspecto natural ao rosto. Mas há uma desvantagem: são mais caros.

  • Blush em bolinhas 
A vantagem do blush em bolinhas é que, por terem tonalidades diferentes, as bolas já criam uma nuance para você. Basta esfregar o pincel no pote para adquirir uma mistura diferente e leve. É o mesmo caso do blush em mosaico, com várias cores diferentes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário