07/11/2011

Meus pais se separaram, e agora?

     Depois de algum tempo de relacionamento, muitos casais entram em conflitos por desentendimentos bobos ou por qualquer coisa que seja motivo de briga. O problema é que esses conflitos parecem ser constantes e a única solução seria a separação. O pior é quando essa separação de pais envolve indiretamente seus filhos e eles acabam sofrendo com isso.

     Geralmente quando a criança tem até seis anos, tudo poderia ser mais fácil, para a criança, já que não conviveu muito tempo em família e não conheceu tanto quanto deveria aquele laço familiar. Contudo, a criança poderá carregar consigo problemas psicológicos, se os pais brigam na sua frente. Aquilo tudo poderá acarretar problemas nas suas atitudes, como briga no colégio, ficando doente, produção escolar, se considerando o culpado da separação.

     O problema é em si não parece ser a separação, que poderia ser feita de forma educada e sem causar nenhum transtorno ou algum problema aos filhos, que não tem nada a ver com isso, e sim são as brigas consecutivas e viver naquele clima de tensão. Mas como lidar com isso?

     Volta e meia os relacionamentos foram feitos de modo que o casal se entenda, mantendo sempre a calma. Contudo, quando um fim de relacionamento está por vir e, assim, as consecutivas brigas do casal, a forma inevitada como tudo isso acontece afeta também o nosso comportamento. Diante de outros olhos, tudo parece ser mais fácil.

      Muitas vezes, quando já estão separados, os pais tentam por na cabeça do filho os aspectos negativos um do outro, tentando afastá-lo de um dos dois. Não é fácil lidar com situações desse tipo. É preciso ter maturidade para encarar a realidade, que, na verdade, não é fácil.

      É importante que você não deixe se deixe influenciar nem por um ou outro com pensamentos desse tipo, ou até mesmo que os suas próprias opiniões a respeito disto te enfraqueça, e você comece a pensar que nada vai dar certo nos seus relacionamentos. As coisas não são bem assim, não é porque não deu certo com seus pais, que não vai dar com você.

      Então, o término de uma relação é sempre complicado, e devemos tratar isso com delicadeza, da melhor maneira possível. Não é fácil ver seus pais brigando e não poder fazer nada. Se uma relação estava desgastada, o melhor a fazer era terminar a relação, que não estava dando certo. Tente lidar da melhor maneira possível. O relacionamento de seus pais acabaram, mas os deles com você, não. Eles não vão deixar de gostar de você, porque nada deu certo entre eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário