17/10/2011

Tipos de amor.


                 Estava conversando com a minha professora de redação sobre amor e de repente ela argumentou:
Amor é uma coisa que poucos sentem de verdade, amor é uma coisa banalizada, é uma coisa que para muitos não tem valor algum. Mas quem realmente sente o amor?
E eu respondi: Professora, por que quando falam a palvra "amor" logo definem como amor de paixão? existem tantos tipos de amor, como o amor de mãe, amor de irmão, amor ao próximo, amor divino. E a professora disse: exatamente onde eu queria chegar, ou seja, quem realmente sente amor são aqueles que não o define como o amor de paixão somente, e sim aquele que tem a capacidade de defini-lo como amor ao próximo, amor fraternal... e eu: professora, mas cada um não sente o seu próprio tipo de amor? e ela pensou alguns instantes, e disse: sim Leandra, mas quem nos garante que o amor que eles sentem são de verdade, e não algo passageiro? que agora você diz que ama um, e daqui á uma semana diz que ama outro, por exemplo. eu, com uma inocência no olhar: Professora, realmente existe uma pessoa assim? capaz de amar sem sentir? - sim, diz ela. Então eu passo o resto da aula refletindo sobre o assunto. e chego á uma conclusão: Que amor de verdade não é aquele que se sente por um garoto/garota, isso é algo passageiro, você ama ele um dia, e um tempo depois deixa de amar, Não que eu não acredite em amor desse tipo, sim, eu acredito. Mas amor de verdade mesmo, é aquele que dura para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário